8:40O binário do inferno

A prefeitura inaugurou ontem o binário das ruas Mateus Leme e Nilo Peçanha. O caos se instalou na região do Centro Cívico com engarrafamentos monstros. Hoje cedo continua a zorra. Quem quer ir, para no inferno. Quem quer vir, também.

6 ideias sobre “O binário do inferno

  1. lucas

    Só não deu para entender porque o tal binário ficou capenga, porque n~çao foi além da rua Ewaldo Wendler, até o Parque São Lourenço, uma vez que na chegada do Colégio Santa Maria o trânsito continua engarrafado , pois lá o sentido da Mateus Leme está duplo.
    Será que não tiveram ou não tem criatividade e ousadia para resolver o problema de circulação.
    Outro ponto a ser destacado foi de não permitir estacionamento de um lado da Rua Nilo Peçanha sendo ela de uma via de um sentido só.
    Existem alguns estabelecimento neste trecho que dependem do movimento para ter os seus negócios funcionando, por exemplo, lá quase na esquina da Rua Ewaldo Wendler, tem uma paniificadora de anos, com muito tempo de comércio que fatalmente vai sofrer uma queda de movimento.
    Assim, acho que o pessoal da SETRANS sentiram a falta dos antigos di IPPUC que tratavam da circulação viária ou não absorveram o slogan de “… se não sabe fazer deixa que eu faço….”
    Creio que não verificaram esses detalhes.
    Outro ponto de estrangulamento já sentido é na rua Benvindo Valente que passou a ter mão única , e alí na Praça do Cemitério São Francisco de Paula virou um verdadeiro inferno

  2. lucas

    POIS ENTÃO : ” SE NÃO SABE FAZER DEIXA QUE EU FAÇO”, LEMBRAM?????
    TEM GENTE NUM OUTRO COMENTÁRIO SOBRE A MESMA MATÉRIA QUE ACHA QUE ISSO FOI O MÁXIMO, ENTÃO HÁ QUE SE PERGUNTAR O QUE SERÁ O MÍNIMO ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>