6:12Nem tudo na vida é passageiro

Motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba brigam com os patrões pelo aumento dos salários. A greve continua. O preço da passagem também: 4 Grecas e 21 Gulins. A ninguenzada? Ah, esses não têm nada a ver com essa coisa toda, não é mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>