12:14Na praça, sem Julia Wanderley

por Nelson Padrella

Qual não foi minha decepção ao tomar meu ônibus na praça do Teatro Guaira também conhecida como da Universidade e só raramente de Santos Andrade. O busto da Professora Julia Wanderley já não se encontrava ali, protegido por um espinhoso pé de capota, que não protege nada. Quem é pago para proteger o bem público, e se não o faz não há porque pagarmos pela existência desses elementos, não deve ser o pé de capoca ou as belas Araucárias angustifolias ou mesmo as outras obras de arte que faziam companhia ao bronze daquela estimada cidadã. Estou triste com a presença cada vez mais real do crime em nossa sala de estar e do dar de ombros de nossas plácidas autoridades. Eu disse plácidas, assim rima com flácidas.

Uma ideia sobre “Na praça, sem Julia Wanderley

  1. Maringas

    me parece que, para evitar vandalismo, o Waldomiro (que adora obra de arte) mandou recolher os bustos das praças da cidade. parece que os bustos vão para o Memorial de Curitiba, ou alguma chácara na região metropolitana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>