11:34Na formatura da UEM, faixa contra professor abusador

O blog do Rigon mostrou que, na solenidade de graduação da Universidade Estadual de Maringá, que aconteceu na semana passada parque de exposições, e onde foram entregues certificados de conclusão a 721 formandos de 24 cursos, apareceu uma faixa no público onde se cobra da instituição o resultado da apuração de um processo de “professor abusador”. Agora todo mundo quer saber sobre essa história. A conferir.

faixa

Uma ideia sobre “Na formatura da UEM, faixa contra professor abusador

  1. Informando

    https://maringapost.com.br/angelorigon/2018/03/12/formatura-e-nada/

    Além da faixa, na colação de grau da UEM, no final de semana, alunas formandas de História também protestaram. A reitoria da instituição é acusada de ter “sentado” em cima do processo aberto há mais de 2 anos. Elas se formaram e nada…

    https://maringapost.com.br/angelorigon/2018/03/09/cobranca-na-colacao-de-grau/

    https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/dois-professores-da-uem-sao-investigados-por-assedio-sexual.ghtml

    “Ele sempre me assediou e eu sempre tive nojo, mas como era caloura fiquei na minha. Hoje, eu cortei qualquer relação com ele, mas falava coisas horríveis para mim, coisas que imaginava fazer comigo’, diz um trecho.

    Depois de apresentada a defesa, a comissão terá prazo de 60 dias para concluir o relatório final da investigação – previsto para ser apresentado na última semana de outubro –, que deve apontar se houve ou não comprovação do assédio sexual. Em caso positivo, o relatório também apresentará as punições aos servidores.

    O relato de uma universitária, de fevereiro de 2016, conta que um dos investigados, denunciado várias vezes na página, a assediou quando era caloura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>