10:56Movimento das Águas

Artigo do senador Osmar Dias  publicado hoje na Folha de São Paulo:

——————————————————————————–
Proponho aos paranaenses nova dinâmica para nossa agricultura, com programa que tem por princípio preservar mais para produzir mais
——————————————————————————– 

Sou um homem do meu tempo, cultivo a esperança e muito confio nos números fundamentados em verdades científicas.
É com esse espírito que analiso o relevante estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sobre a projeção da pobreza no Brasil, que conclui que nosso país poderá eliminar a miséria e reduzir os índices de pobreza para apenas 4% da população até 2016.
Ora, são milhões de brasileiros que, finalmente, têm acesso ao mercado consumidor.
Entretanto, nessa perspectiva de prosperidade, temos que responder à questão central da economia: como alocar recursos produtivos (sempre limitados) para satisfazer todas as necessidades da população? A terra é um desses recursos produtivos, fundamental para a produção de alimentos.
Estamos, portanto, diante de um desafio imposto aos Estados brasileiros, quase todos com alguma vocação agrícola. Temos que produzir cada vez mais alimentos com eficiência, respeitando o meio ambiente e usando tecnologias de ponta -tanto para pequenos quanto para grandes agricultores- para superar a escassez de terras destinadas à produção.
Uma equação difícil, porque conjuga variáveis aparentemente antagônicas: produção agrícola, escassez de recursos, demanda aquecida e preservação do meio ambiente.
Por isso, proponho aos paranaenses uma nova dinâmica para nossa agricultura, no programa denominado de Movimento das Águas, que tem por princípio preservar mais para produzir mais. Desejo compartilhar este programa com todos os brasileiros.
É um projeto ousado: além de preservar o meio ambiente em todas as vertentes, prevê a despoluição integral de boa parte dos rios de nosso Estado. O indicador de sucesso desse programa será a pureza da água. O Paraná tem 16 bacias hidrográficas, que são divididas em 3.600 microbacias.
É nessas pequenas unidades que o projeto vai ser iniciado, com a estimulação de seu correto manejo, garantindo a qualidade do solo e da água das grandes bacias.
A meta emblemática do Movimento das Águas será a despoluição do rio Iguaçu. Na região de Curitiba, a sua água é considerada poluída, na mesma situação do Tietê, em São Paulo.
Para iniciar a solução deste problema, pretendo aplicar R$ 1,3 bilhão, por meio do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), em saneamento, universalização do acesso, abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo dos resíduos sólidos.
No Movimento das Águas, os produtores rurais serão transformados em parceiros. Eles deixarão de produzir apenas alimentos para passarem também a produzir água, e vão receber por isso.
Por lei, será criada uma política estadual de serviços ambientais, que vai depositar em um fundo os recursos necessários para recompensar aqueles que estão ajudando o proteger o meio ambiente. Uma proteção especial também será dada às matas ciliares.
Ao apresentar esse projeto aos brasileiros, renovo-me na esperança de que vamos atingir em breve a prosperidade. Porém, a prosperidade nascida no amor que temos por essa terra que nos é tão generosa.

OSMAR DIAS, 58, agricultor, é senador da República (PDT) e candidato ao governo do Paraná.

6 ideias sobre “Movimento das Águas

  1. jose

    Lindo…mas tão vazio quanto o próprio.

    Escreve o óbvio, que aliás poderia ter sido feito há trinta anos e até agora nada…

  2. Jaquestripp Hadhor

    E a pergunta que não foi feita, nem respondida, portanto:

    Fora a denúncia feita pelo senador a respeito da compra da fazenda no Tocantins, se é que o senhor quer mesmo o desenvolvimento da agricultura em nosso Estado, porque preferiu ser proprietário naquele Estado?

    Vais comprar mais ovelhas dos cascos podres?

    Vai ter mais um surto virtual de “febre aftosa” no Paraná e a gente vai ver de novo aquele espetáculo dantesco de abertura de valas para enterrar bois e vacas sadias?

  3. ananias

    O Osmar agora é verde! quá quá quá…

    O que ele vai ficar é verde raiva no domingo à noite.

    Os assessores que saiam de perto, porque ele, machão, com aquela barba e a mochila nas costas cheia de dinheiro, vai dar porrada pra todo lado.

  4. Cida

    é, hum…gosto do Osmar Dias, até. E ainda não sei em quem voto. Mas esse artigo saiu meio enrolado, né? Diz, diz e não diz, não diz. Tá c/ uma carinha tão metafísica. Quem escreveu? O Boff? Frei Beto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>