14:47MANÉ GALO

Agora é a Marthaa dizendo que nunca foi de esquerda. Nem ela nem muitos que sempre se diziam eram, de verdade e por opção ideológica. A maioria se dizia de esquerda por conveniência, para ficar próximo dos mandatários “canhoteiros” e usufruir de benesses vindas dos cofres públicos ou empresas ligadas ao poder. O mundo politico está cheio de “esquerdistas” que se dizem defensores dos mais carentes e escondem suas fortunas e imóveis em Paris, Miami, Nova York – nunca em Cuba. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>