17:00Lula lança Gleisi

A senadora Gleisi Hoffmann foi lançada por Lula da Silva como candidata à presidência do Partido dos Trabalhadores. Segue carta que ela endereçou aos companheiros e companheiras do PT:

Queridas pessoas de meu Partido!

A Construindo um Novo Brasil, corrente interna do Partido dos Trabalhadores a qual pertenço desde a minha filiação, juntamente com o presidente Lula, indicou meu nome como candidata à presidência nacional do PT, a ser apresentado a todas as correntes e a toda militância do Partido.

Este é, para mim, um grande desafio que tem pela frente um longo caminho a ser percorrido até sua concretização. Por uma feliz coincidência militantes que vão participar dos encontros municipais já podem conhecer e debater essa possibilidade.

Espero, com muita humildade, e conhecedora de meus limites, poder contribuir para que o Partido dos Trabalhadores, que tirou o Brasil do Mapa da Fome e colocou-o no concerto dos grandes países do mundo, possa enfrentar esses tempos difíceis por que passa.

Nossa democracia foi brutalmente atacada e tombou na forma de uma mulher guerreira, valente, Dilma Rousseff, a primeira a presidir o Brasil. O golpe fez perder a esperança de um país melhor, com empregos e salários decentes, uma educação consistente e oportunidades para todas e todos.

Enfrentar essa situação pressupõe estarmos unidos para rejeitar a criminalização do nosso partido, a condenação das nossas lideranças e lutar, junto com outras forças políticas, em defesa dos direitos sociais e da democracia. Pressupõe barrar o racismo, a homofobia, a misoginia e a ignorância. Nossas mulheres e a juventude estão sob ataque direto dessas ações.

As divergências fazem parte de nossa história. Vamos fazer delas o estímulo à preparação de nossas ações e a elaboração de propostas cada vez melhores para nosso Brasil. Afinal, o inimigo a ser combatido está fora do PT. É aquele que nos golpeou e continua golpeando o povo brasileiro com a retirada de seus direitos.

Agradeço a confiança de minhas companheiras e companheiros da CNB, em especial de Márcio Macedo e Alexandre Padilha, que retiraram suas candidaturas, compromissados com o fortalecimento da unidade partidária.

Ao senador Lindbergh Farias, companheiro valoroso e combativo, que ao meu lado trava muitas lutas, manifesto meu respeito e consideração, bem como a certeza de que nossa caminhada nesse processo será sempre para fortalecer o PT.

O PT é o partido mais querido do Brasil, apesar da diuturna campanha sórdida contra nós. Como Lula, conquistamos o direito de andar de cabeça erguida. Isso só aumenta nossa responsabilidade com o futuro do país e com a esperança do povo.

Por isso sua condução só pode ser feita por um núcleo dirigente forte e que espelhe a diversidade partidária.

Para Lula, só tenho a reafirmar minha admiração e lealdade. Em 2002, a esperança derrotou o medo. Lutarei junto com todas e todos petistas e militantes deste país para que, em 2018, a esperança derrote outra vez o ódio e a tristeza.

O Brasil precisa ser feliz de novo com Lula e o PT!

Senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR)

6 ideias sobre “Lula lança Gleisi

  1. Da fronteira

    Porque ela esqueceu de agradecer ao Zé Dirceu, ao Delúbio, ao André Vargas, ao Palocci, ao Vacari, ao Eduardo Cunha, etc., etc,…

  2. Sergio Silvestre

    Os paranaenses principalmente os curitibanos( segundo pesquisa é o povo que faz menos sexo no mundo)não são do ramo,detestam mulheres tanto que a Dilma teve a menos votação do Brasil no estado,é a água da Sanepar,ainda bem que estou perto da divisa com São Paulo.

  3. Fausto Thomaz

    Curitibano é seletivo Silvestre….não gosta de qualquer mulher, entendeu? Tem que ter classe, ser cheirosa, gostosa…..enfim….adjetivos que vc não conhece, pois ta acostumado com qualquer baranga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>