21:15Igual no pior

A cúpula do PT excluiu a chamada autocrítica do texto que será base para os novos rumos do partido. Ou seja, faz de conta que nunca errou, nunca se melou na  corrupção e que a prisão do líder e ex-presidente Lula da Silva é perseguição política e delírio. Juntando lé com cré, isso é muito parecido ao que sempre fez o Exército brasileiro sobre as atrocidades cometidas durante a ditadura militar – e esta mancha continua incomodando exatamente por não ser colocada sob a luz da verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>