8:38Hoje tem eleição? Tem, sim senhor!

A pedido próprio, aí vai, com a devida adaptação para este dia importante, a reprodução de um texto publicado na sexta-feira (29) e que bateu o recorde absoluto de comentários, ou seja, zero. A manifestação unânime encheu de orgulho o signatário. É isso aí:

Hoje tem eleição? Tem sim, senhor! Os dois candidatos encerram a campanha que é um paradoxo: enquanto o país caminha a passos de cágado, mas firmes, na consolidação do regime democrático, o menos ruim de todos, as estrelas que buscam chegar ao poder protagonizam um espetáculo deprimente de acusações, mentiras, tudo embrulhado no papel brilhante da publicidade socada goela abaixo da ninguenzada como pílulas que transportam para mundos que não existem. Claro que merecemos o engodo generalizado, a ideia do nonhô da Casa Grande que vai fazer o que há de melhor para a turma da senzala. Ela, essa turma, a da periferia social, está cada vez mais distante da luz porque os lá de cima, a turma da cobertura, onde se misturam numa orgia movimentada a dinheiro, de preferência o dinheiro mais fácil, exatamente aquele produzido pelos que não são nada, os mundialmente anônimos, bem, esses são especialistas em aniquilar o único caminho possível para que se tenha senso crítico e se enxergue a realidade – a Educação. Essa mesma, que é cantada em prosa e verso pelos que almejam chegar lá no topo, essa mesma que sempre será melhor no próximo governo, essa mesma que produz analfabetos funcionais em números cada vez mais gigantescos, portadores de diplomas que deveriam ter o carimbo oficial que informasse ser aquele mais um imbecil a não incomodar. Pior não são esses. Pior são os que se acham inteligentes e que disputam, nesta campanha, o título de quem é mais “cavalo de padeiro” do que o outro. A classe mérdia onde se incluem intelectuais, profissionais liberais, estudantes, jornalixos, essa classe, comparada aos capatazes sabujos do tempo da escravidão oficial, essa classe mérdia dividada em torcidas uniformizadas a babar os ovos de candidatos que colocam nos andores da idolatração – e ainda tem a desfaçatez, a calhordice de achar que os pobres não sabem de nada, como se fossem donos da sabedoria. Insensam partidos que são tão sérios quanto os propósitos dos mesmos, ou seja, de se tomar ou continuar no poder para a locupletação geral e irrestrita. Que ideologia é essa dessas verdadeiras marias-vão-com-as outras? Além do puxassaquismo, é aquela de não aceitar argumento contra, é a de rotular de direita ou esquerda sem enxergar que estão por fora. O que não se aceita é a demonstração de inteligência. Isso fere a alma dessa cambada. Porque, na maioria das vezes, a inteligência serve para melhorar a condição do ser humano – e isso é ruim, para estes, porque todo ser burro tem medo que lhe tomem o lugarzinho. Nosso país é assim, mas isso não quer dizer que não há solução. O voto tem o poder da depuração, mesmo que sacripantas sejam eleitos, como sempre acontece. O poder revela os pulhas e seus seguidores abduzidos. E há, em meio à corja generalizada, os verdadeiros políticos. Os que se sentem iguais, não escolhidos por algum deus, ou melhor, demônio, para pensar que está acima do bem e do mal. Engatinhamos nesse caminho. Mas é muito melhor assim do que parados e trancafiados.

4 ideias sobre “Hoje tem eleição? Tem, sim senhor!

  1. odorico paragassu

    Queria dizer que estou chocada com a falta de patriotismo da população brasileira….vendo a reportagem dos argentinos prestando as ultimas homenagens ao seu ex Presidente, fiquei mais chocada ainda…na Argentina, um Pais que atravessa a tempos uma de suas maiores crises…o povo foi a ruas homenagear o ex Presidente do qual mesmo nas maiores dificuldades ainda vislumbraram um dia uma pequena melhora nas condições sociais e profissionais…aqui no nosso Pais….o povo prefere ir a praia…triste…..na época do Collor….escutei muita gente dizendo que votaria nele porque era bonito…era um horror escutar isso…e elegeram um idiota e depois assistiram de camarote as conseqüências…agora , boa parte da população brasileira prefere ir a praia e depois reclamar nos próximos 4 anos do Governo…é impressionante a falta de informação das pessoas com relação a política…querem mostrar sua indignação, votam no Tiririca…se isso é mostrar que estão insatisfeitos , então votassem em quem poderia melhorar mais, em representantes mais confiáveis, ainda que raro, e não em mais um idiota da hora…agora em que poderiam fazer a diferença…novamente se omitem e se vendem por um belo final de semana e feriado na praia ou seja lá onde for….reconheço que nem todos querem votar….deveriam se unir e protestar para então que o voto não fosse obrigatório….mas em uma hora decisiva como esta, em que nosso Pais , que tem todas as condições para ser um Pais melhor , que possuiu riquezas ainda inexploradas e com condições de dar e vender vida melhor para os que vivem em condição de miserabilidade….resolvem se omitir…se as pessoas soubessem como faz diferença esses votos com certeza estariam aqui para fazer valer um gesto tão simples, porém capaz de mudar uma nação…boa sorte para todos e que os que aqui ficaram que saibam votar bem consciente….e como diz a piada do portugues…” aqui é o unico lugar que pode-se votar com qualquer documento, menos o titulo de eleitor “…rsrsrs….só rindo mesmo….ou chorando

  2. sapo barbudo

    Acrescentoao comentário, o seguinte; Vou votar, não por obrigação, e sim pela razão, tenho conciência de que posso até perder o voto na urna, mas na minha razão não, voto sim porque não acredito nesse governo, assim voto na oposição, voto também poqur estou de saco cheio das mentiras, dos mensalões das cara de pau e do mau exemplo do principal magistrado do pais, o Presidente. Lembro que a figura do Presidente deve ser preservada como instituição e nao usada para fins diversos, de cabo eleitora e panfleteiro como foi feito, a instituição é mais forte que a matéria de carne e osso que alí esta e muitas vezes não usando aquilo que Deus deu ao ser humano. o raciocónio, o cérebro e com isso a intelectualidade, asim vou votar na oposição .

  3. rosemeri

    Zé Beto
    Li seus texto no dia 29,mas não comentei pq achei que haveria tantos que mais um seria chover no molhado! ^^
    Você expressou exatamente o que eu penso,mas confesso que às vezes me dá um cansaço tão graaannnde que a vontade é hibernar por 50 anos ,quem sabe até lá esse Brasil melhora …
    Mas eu não desisto:voto mesmo que vá “perder” meu voto – que pensamento mais idiota,perder voto…como se fosse uma aposta na mega sena!

  4. K.

    tá vendo, hoje era o dia certo pra publicar essa ‘trolha’ de verdades. gostei do ‘classe mérdia’ e do ‘jornalixo’. acho que você exorcizou bem as indignações de muita gente que tenta ver a merda escondida atrás dos discursos nas tribunas. Se educar antes, acho que isso é o mais importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>