15:27Gramática

por Fernando Muniz

“Coma logo, pois precisamos sair meio dia e meio. Depois de dezoito anos você ainda não gravou isso?!” Ela dá um suspiro, de frustração.

Ele olha para a mulher, com um ar de tédio: “É meio dia e ‘meia’”…

“Como?!”

“Vem de ‘meia hora’”…

Ela mostra o dedo médio. “Está errado. O sinal deve vir de baixo para cima e não ser mostrado assim, de frente, chapado. Desse jeito aí parece coisa de adolescente”.

“O quê?! Então vai tomar no seu cu!”

“É no ‘teu’”…

Uma ideia sobre “Gramática

  1. Parreiras Rodrigues

    e é difícil, na panificadora, convencer o-a balconista que são “duzentos gramas” de mortadela. Que eles dizem mortaNdela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>