17:21Gleisi diz que houve conluio do Judiciário par manter Lula preso

Da assessoria de imprensa da senadora Gleisi Hoffmann

Gleisi critica conluio do Judiciário para manter Lula preso

Em discurso contundente hoje no Plenário do Senado, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) disse que foi vergonhoso para as instituições deste País o que aconteceu no último domingo, quando o Judiciário atuou em conluio para manter o ex-presidente Lula preso injustamente. Segundo ela, estamos vivendo uma instabilidade institucional nunca vista nesse país.

“Vocês podem até não aprovar ou até não concordar com a decisão do desembargador Favreto. Agora a discordância judicial tem que ser provocada pela parte, seja ela a defesa, seja ela o Ministério Público. O que não pode é ter uma discordância judicial, e um juiz de primeira instância, militante político ligar para a Polícia Federal, mandar não cumprir uma ordem, depois articular com outro desembargador para que reveja a ordem daquele que mandou soltar o presidente Lula.”

Gleisi criticou principalmente a atuação do juiz Sérgio Moro, que, segundo ela, não tinha autoridade de mandar parar o cumprimento de uma decisão judicial de segunda instância. “Ele estava bebendo vinho e comendo bacalhau lá em Portugal. Foi acionado por um agente da Polícia Federal, por um delegado de plantão, que tem que responder pelo que fez, que não cumpriu decisão judicial. Liga de Portugal, depois de tomar o seu vinho, dando ordens à Polícia Federal de Curitiba.”

Para a senadora, é preciso reaver o Estado democrático de direito e a soltura do Lula está exatamente nessa condição, porque uma prisão em segunda instância tem que ser justificada.  “Qual é a justificativa para o Lula estar preso? Primeiro que não há provas. Aliás, nem há o seu crime tipificado devidamente no ordenamento penal. Segundo, qual é o risco que o Lula oferece à sociedade ou ao seu processo? Nenhum. O Lula só oferece risco ao establishment, aos grandes da sociedade. Por isso, só há um caminho para o resgate do Pacto Constitucional de 88, o respeito às regras, o respeito às leis e ao devido processo legal: a liberdade de Lula e nós lutaremos por ela.”

Lula está sendo vítima de uma outra violência, diz Gleisi, porque como pré-candidato ele tem o direito de dar entrevista, de fazer gravações, de conversar com as pessoas. Mas, mesmo sendo impedido de se manifestar, é o candidato que tem 30% dos votos. “O Lula solto ou preso, ganha a eleição. É Lula livre!”

Veja a íntegra do pronunciamento: https://www.facebook.com/gleisi.hoffmann/videos/1028155750695011/

2 ideias sobre “Gleisi diz que houve conluio do Judiciário par manter Lula preso

  1. Jorge

    Esta corrupta que foi absolvida por uma corte petista tem que ser presa. Mente sórdidamnete pois quem determinou a manutenção de Lula na cadeia foi um colegiado do TRF-4 nomeado majoritariamente pelo PT. O trio de juízes GLT (Gilmar, Lewandowski e Toffoli) nomeados politicamente tem que ser afastados.

  2. a verdade está lá fora

    Dois erros desta mulher:
    1- O juiz Moro não viajou para Portugal estava em Curitiba.
    2- O próprio Favreto mandou o Moro se manifestar sobre o HC. Em seguida o Moro viu o que estava errado e mandou parar com a palhaçada. Esta palhaçada foi rejeitada pelos desembargadores Gebran, Flores e pela ministra Laurita do STJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>