9:09Gleisi de Calcutá

Da coluna de Elio Gaspari

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, solidarizou-se com o golpe bolivariano de Nicolás Maduro. Se o seu discurso em defesa dos pobres e dos oprimidos fosse sério, a comissária faria alguma coisa em favor dos 20 mil refugiados venezuelanos que refugiaram-se em Roraima e vivem em condições precárias de moradia e alimentação.

6 ideias sobre “Gleisi de Calcutá

  1. Sergio Silvestre

    Tem muita mentira nisso,20 mil refugiados não chega nem nos pés dos milhões de nordestinos que passavam fome e sede e me parece que se nada for feito voltaram a ter.
    Quando se fala de Pais vizinho,na Síria a moeda até pouco tempo era libra esterlina,os sírios-libaneses eram riquíssimos,até alguém achar que uma guerrinha ali resolveria alguma coisa de útil como um grande gasoduto até a Europa.Te pergunto,que será que os americanos querem na Venezuela,façam apostas,

  2. Zé Mané

    A Barbie paraguaia está mais preocupada em falar do que ouvir, está fazendo de tudo para ficar igualzinha ao Maduro, ditadora até o último dia de mandato. Depois o que será da cinquentona? Na Itaipu com certeza emprego não tem.

  3. Sergio Silvestre

    Não muda de nome não,aquele comentario que oce fez que é igual ao Lula,continuo afirmando que não até por que o Lula não é viado,ta bom Ze ninguem,Zé Mané,etcetcetc

  4. jose

    Silvestre, sei que é difícil pra você entender, afinal galinha só conta até um, mas nós os “Zé” somos muitos…
    E o lula pode ser via do sim, qual o problema? É dele é e ele pode fazer o que quiser.
    Ah, ia esquecendo você além de defender pedofilos é homofobico também, afinal pombo reaça é isto e mais um monte de merda na cabeça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>