9:31Exército usará celular na horizontal

por Renato Terra

O general Walter Braga Netto apresentou hoje o planejamento para a intervenção midiática no Rio. “Nossas tropas serão estrategicamente posicionadas diante dos lugares mais conhecidos do Rio, sempre de dia. Um soldado ficará a mais ou menos um metro, uns dois passinhos para trás, sempre com o celular na horizontal”, explicou, segurando um microfone na vertical.

No final do vídeo, cada militar responderá à pergunta: “Que intervenção você quer para o futuro?”. Segundo o general Braga Netto, este trecho ficará em poder das Forças Armadas, “distante de qualquer Comissão da Verdade”.

Prefeito Marcelo Crivella enviou uma mensagem de Jerusalém salientando que os drones da Agência Espacial Europeia filmam na vertical. “Não vou seguir as orientações da Globo”, pregou.

UM NOVO RIO

Braga Netto apresentou medidas para que a paz vigore na cidade após a intervenção. “Não basta repreender, temos que reeducar”, ensinou. Após frisar a força do exemplo de suas tropas, que vão filmar com o celular na horizontal, enumerou o que chamou de “marcos civilizatórios”: “Quem colocar ketchup na pizza, vai ganhar coronhada no cocuruto. O carioca que combinar um chope e chegar atrasado leva um pescotapa”, listou.

O general também disse que haverá mandados coletivos para prender cidadãos que abraçarem a Lagoa Rodrigo de Freitas em nome da paz.

UMA NOVA INTERVENÇÃO

Elsinho Mouco, publicitário do governo federal, sugeriu outra mudança no Rio: “Toda vez que o Pezão abre a boca, a população entra em pânico. O presidente Temer vai assinar um decreto autorizando uma intervenção lexical na cidade. Caberá ao Sargento Pincel restabelecer o carisma, semear empatia pelas forças armadas e assumir, com graça, qualquer trapalhada”, explicou.

UMA NOVA VIAGEM

Crivella anunciou sua primeira medida após a turnê pela Europa: abrirá uma agência de viagens. Entre os pacotes que oferecerá estão: Carnaval Espacial (quatro dias, cinco noites; inclui visitas não oficiais a agências europeias. Obs. traslado de drone não incluso) e Semana Santa Ungida (três dias, quatro noites; inclui visita ao Templo de Salomão com desconto no dízimo para quem apresentar o Bilhete Único).

*Publicado na Folha de S.Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>