7:40Estrategistas em ação

Os “estrategistas” da APP-Sindicato comandaram ontem a invasão dos Núcleos Regionais de Educação, numa preparação para a greve que deve vir no começo do ano letivo marcado para meados de fevereiro. Estes núcleos, segundo informa o governo do Estado, “são responsáveis pela operação de toda a rede estadual de ensino e, entre outras obrigações, está a distribuição de aulas, inclusive as extraordinárias, que garante uma renda a mais ao professor”. O trabalho deve ser feito na primeira semana do mês. Traduzindo para a linguagem que parece interessar mais aos militantes do que o ensino, se isso não acontecer, a remuneração extra não pode ser incluída na folha de pagamento e também não há como viabilizar a convocação de professores temporários depois da distribuição das aulas. 

3 ideias sobre “Estrategistas em ação

  1. Parreiras Rodrigues

    Acho que no fundo, no fundo, o governador Beto Richa ainda espera a conversão da APP-PETÊ, que vê o partido que mexe as suas cordinhas, se unir lá em Brasília, para votar nos “golpistas” em troca de cargos nas mesas da CF e do Senado.
    Essa deve ser a explicação para a não decisão de suspender o desconto em folha dos associados manipulados da entidade que só falta escrever debaixo das suas faixas: Voltem Lula-Dilma.

  2. Mario Lopes

    Está mais que na hora de banir alguns (muitos) sindicatos comunistas. APP é um deles. Mais uma vez agem contra a Educação e contra educadores e alunos.
    O que se nota é que os filiados a tais sindicatos são sempre os “profissionais” incapazes, ou seja, aqueles que normalmente não tem espaço na profissão.

  3. Alexandre rodrigues

    Vamos banir os sindicatos comunobolivarianosbolchevistas e vamos dar valor as instituições como o TJ,assembleia,e a probidade do governo estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>