17:58Ecos de uma posse paraguaia

Do correspondente na Tríplice Fronteira:

Anotações sobre a posse do novo presidente do Paraguai

1 – Fernando Lugo deixou a posse de Horácio Cartes como senador constrangido. Ele foi obrigado a ouvir da boca do novo presidente, no discurso de posse,que somente em duas vezes após a redemocratização do Paraguai houve a transmissão entre dois presidentes legítimos. Cartes também considerou que, com isto, está encerrado o período de redemocratização paraguaia e que o país ingressou na normalidade democrática.

2 – Dilma Rousseff queria se hospedar no hotel  Sheraton, mas como o governador Beto Richa prestigiou no paranaense Bourbon, optou também por ficar e ‘prestigiar’ os brasileiros. Ficou no hotel 5 estrelas ao lado da sede da Conmebol. Os deputados federais Alfredo Kaefer e Eduardo Sciarra também ficaram lá.

3 – O clima de transmissão de cargo no Paraguai foi excelente e tranquila, mas na frente da Embaixada do Brasil, uma dezena de manifestantes dormiram lá acamparam de quarta para quinta. Eram brasileiros que tiveram terras expropriadas no Paraguai.

4 - Após a solenidade de posse do novo presidente paraguaio, só dois jornalistas procuraram o senador Fernando Lugo, presidente deposto pelo Congressopara ouvir sua análise sobre o discurso de posse de Horácio Cartes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>