6:47E a empatia humana?

A intervenção federal no Rio tem causado muito barulho, interpretações cínicas, etc. Mas fico pensando em como temos recebido as notícias da violência por lá e a naturalidade das nossas reações. W.G. Sebald falou algo interessante ao discutir os impactos dos bombardeios aliados nas cidades alemãs, durante a II Guerra Mundial e a tentativa da população de continuar suas rotinas burguesas, nos bairros poupados da destruição: “Não se espera que uma colônia de insetos fique paralisada pelo luto diante da destruição de uma colônia alheia. Da natureza humana, no entanto, espera-se uma certa dose de empatia” (Guerra Aérea e Literatura, p. 44). (Fernando Muniz)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>