6:21Doutor Rosinha é o novo presidente do PT-PR

O PT do Paraná informa:

O ex-deputado federal Florisvaldo Fier, o DOUTOR ROSINHA, representante do governo da Presidenta Dilma Rousseff no Parlamento do Mercosul e um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores, presente no Colégio Sion em São Paulo no dia 10 de fevereiro de 1980, foi eleito no 6º Congresso Estadual do PT-PR neste domingo (7), com 167 votos, o novo presidente do Diretório Estadual do partido.

Confira o anúncio dos resultados oficiais da votação no Paraná e as manifestações dos dois candidatos que disputaram a presidência do PT no Estado: Arilson Chiorato (125 votos) e Doutor Rosinha (167). Das 5 chapas que inicialmente apresentaram teses à disputa, 4 se uniram em torno da candidatura do Doutor Rosinha. acompanhe >>> https://www.facebook.com/ptparana/videos/1304861982954289/ 

Rosinha é médico da rede municipal de Saúde de Curitiba. Foi vereador na capital e deputado estadual pelo Partido. Humanista, ele elegeu como sua principal bandeira de luta o combate ao ódio, ao fascismo, à intolerância e ao preconceito.

5 ideias sobre “Doutor Rosinha é o novo presidente do PT-PR

  1. Sergio Silvestre

    Falam tanto no PT aqui no Parana e eu nunca vi um deputado estadual paranaense que tenha metido a mão no jarro,já os outros pelo amor de Deus.

  2. Ademar Luiz Vieira

    Agora sim o PT do Paraná vai ter cara e jeito de um Partido de Trabalhadores realmente.

  3. Vai que é sua

    André Vargas deputadinho estadual petista foi presidente da CPI dos Pedágios na assembleia legislativa do Paraná de silvestres idiotas.
    Nao encontrou nada de errado e fez um relatório pró pedágio e pedageiras.
    Daí surgiu o apelido Bocão?
    Não se sabe mas com certeza o dono da Econorte Triunfo foi doador sempre dele – Luiz Fernando Wolff Carvalho.

    http://www.jagostinho.com.br/2014/04/04/na-cpi-dos-pedagios-varagas-era-o-bocao/

    http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/artigos/pedagio-a-historia-se-repete-como-farsa-4sspd1nghukyb8zl8futq66a6

    De acordo com Péricles, a participação da população pode evitar que a CPI tenha o mesmo “efeito negativo” da iniciativa anterior. Realizada em 2003, a primeira CPI do Pedágio foi presidida pelo atual deputado federal André Vargas (PT). O relatório foi elaborado pelo atual líder do governo, Ademar Traiano (PSDB), à época um dos integrantes da oposição ao governo de Roberto Requião (PMDB), que estava no auge da sua campanha “Ou abaixa ou acaba”.

    A conclusão do relator, aprovada pela maioria dos membros da Comissão, foi que “os contratos que regem as concessões de rodovias do Paraná encontram-se indenes de falhas e, deste modo, consoantes com o ordenamento jurídico em sua forma, conteúdo e execução”.

    O relatório atribuiu às dúvidas sobre a legalidade dos contratos “à falta de esclarecimento e falta de experiência em relação a este tipo de atividade no País”. Vargas absteve-se da votação do relatório. Há dois dias, em seu twitter, o deputado petista foi questionado por seguidores sobre as conclusões da CPI.

    https://www.bemparana.com.br/noticia/262798/rossoni-levanta-suspeita-sobre-cpi-do-pedagio

    Enio Verri denunciado em Maringá.
    Tadeu Veneri denunciado e processado em Curitiba.
    Pericles Mello denunciado em Ponta Grossa.
    Ângelo Vanhoni votou em Aníbal Khury entre outros apetrechos.
    Dr Rosinha devolvia dinheiro de verbas parlamentares depois inexplicavelmente parou em Brasilia.

    Fogo amigo
    “Henrique Fontana é um moleque leviano e parece aquele que bate a carteira e desce a ladeira gritando pega ladrão. Basta ver eleitorado do RS”. Frase do deputado André Vargas, do PT, no Twitter, à respeito de seu colega de partido, deputado Henrique Fontana.

  4. Sergio Silvestre

    PROCESSOS O REQUIÃO TEM MAIS DE CEM ATÉ POR QUE NOSSA JUSTIÇA AQUI É UM PENICO E AINDA SE O ANDRÉ FOSSE DP PSDB ESTARIA DEPUTADO E ROUBANDO.

  5. jose

    Vai lá silvestre, força aí:

    - A 4ª Câmara do Tribunal de Justiça do Paraná condenou o deputado estadual Tadeu Veneri (PT) a devolver R$ 390 mil (em valores atualizados) referentes a recursos de (verba de gabinete) desviados em 2010 para, segundo a ação, a campanha de reeleição do petista no Legislativo.

    - O deputado federal Enio Verri, do PT, está entre os ex-secretários do então prefeito José Cláudio Pereira Neto que foram condenados por improbidade administrativa e terão que pagar multa por terem acumulado irregularmente cargos comissionados na Prefeitura de Maringá com vencimentos na Universidade Estadual de Maringá, entre janeiro e julho de 2001.

    - O deputado Péricles Holleben de Mello (PT) disse que vai recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) para reverter as penas. Segundo Péricles, a condenação não afeta sua candidatura já deferida à Assembleia Legislativa. “Em primeiro lugar, minha candidatura a deputado estadual não sofreu nenhum tipo de impugnação. Segundo, fui condenado em segunda instância num processo em que tinha sido absolvido em primeira instância e tenho direito de recurso ao STJ”.

    - O ex-prefeito de Londrina Nedson Micheleti, do PT, foi condenado por improbidade administrativa pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJ) e teve os direitos políticos suspensos por três anos. além de multas pesadas.

    - O ex-deputado federal André Vargas (PT-PR) foi condenado a quatro anos e meio de prisão em regime fechado. O parlamentar responderá pelo crime de lavagem de dinheiro, de acordo com a sentença publicada nesta quinta-feira (6) pelo juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>