8:47DONA REDONDA

donaredonda2

Rogério Distéfano

GUSTAVO FRUET elegeu-se e disputa a reeleição pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). O partido nasceu em circunstância interessante. Seu líder histórico, Leonel Brizola, considerava-se o herdeiro natural do trabalhismo, daí tentar restabelecer o Partido Trabalhista Brasileiro, base e esteio de Getúlio Vargas e João Goulart, com seu apelo popular e eleitoral. Abria-se naquele momento a possibilidade de criar outros partidos além da camisa de força do bipartidarismo Arena x MDB, o primeiro de apoio à ditadura, o segundo de oposição consentida e comportada.

Mas em 1979, quando lançou o partido em Lisboa e em 1981 quando conseguiu seu registro na Justiça Eleitoral, havia gente esperta no último governo da ditadura, de João Batista Figueiredo. Era o general Golbery do Couto e Silva, chefe da Casa Civil da presidência. O general manobrou com a deputada federal Ivete Vargas, sobrinha de Getúlio, e deu-lhe ‘força’ para registrar antes o PTB na justiça eleitoral. Com isso tirou a bandeira de Brizola, que criou o PDT, com o cuidado de inserir no nome o ‘Democrático’, para marca a diferença de origem.

A Brizola restou a ironia, na qual era mestre: nunca se referia à rival Ivete Vargas pelo nome, mas pelo apelido que lhe deu: Dona Redonda, porque a deputada era muito gorda, muito mesmo. Dona Redonda, por quê? Na época fazia sucesso a novela Saramandaia, da Globo, em que a personagem principal, Dona Redonda, pesava 250 quilos. Tão gorda que ao final Dona Redonda explode, o corpo não aguentava tamanho volume.

Como a foto vale mais que 307 palavras, confiram a atriz Vera Holtz, caracterizada no personagem. De que é mesmo que eu falava no começo? Ah, sim, de Gustavo Fruet, do PDT, e de Dona Redonda – de todas, da ficção e da realidade. Não se preocupem, o PDT está seguro, com ou sem Dona Redonda. 

2 ideias sobre “DONA REDONDA

  1. Zé Povinho

    Infelizmente bem que o palerma adoraria que as urnas estourassem com tantos votos nele, mas desta vez a urna vai estourar novamente, mas sem os tão necessários votos.

  2. Bittencourt

    Só para registrar, a atriz Vera Holtz interpretou Dona Redonda na segunda versão. Na primeira foi a atriz Wilza Carla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>