18:23Dois a zero

Do blog O Insulto Diário, de Rogério Distéfano

A QUARTA CÂMARA CÍVEL do TJ/PR manteve hoje, por maioria de votos (4 x 1), a sentença que negou ganho de causa às ações populares movidas contra Ivan Bonilha e Carlos Alberto Richa por Maurício e Roberto Requião para restabelecer a nomeação de Maurício conselheiro do TCE. A nomeação de Maurício foi anulada no governo Richa.

Bonilha, na época procurador geral do Estado, foi em seguida nomeado conselheiro do TCE pelo governador Beto Richa, no cargo antes ocupado por Maurício Requião. Maurício e Roberto tiveram como advogado Luiz Fernando Delazari, ex-secretário de Segurança no governo Requião. Bonilha e Richa foram representados pelo advogado Renato Kanayama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>