11:06De prancha e de talho

De Rogério Distéfano, no blog O Insulto Diário (http://www.oinsultodiario.com/)

No balanço até aqui o ministro Édson Fachin está saindo melhor que a encomenda. Tem dois problemas, por enquanto. O primeiro é aquela liminar mantendo o imposto sindical. O segundo é esquecer sua origem gaúcha com o colega Gilmar Mendes, com quem já deveria ter feito como o personagem do conterrâneo Érico Veríssimo: “Buenas – e me espalho. Nos pequenos dou de prancha, nos grandes dou de talho”.

Cada dia mais uma alegria com Fachin. Como essa de proibir a deputada Cristiane Brasil de entrar no ministério do Trabalho. A liminar do ministro proíbe a deputada de falar – telefone, zapzap, rimêil, feicebuque, tuíter, sinais de fumaça – com qualquer correligionário do PTB envolvido na compra de cartas sindicais no Ministério do Trabalho. Isso alcança Roberto Jefferson, presidente do PTB, pai de Cristiane.

Falar com qualquer um deles só com permissão do ministro, detalhando o assunto. Roberto Jefferson faz aniversário na semana e Cristiane pediu que o ministro Fachin a libere para cumprimentar o pai. Jogada de Roberto Jefferson, com certeza, mestre do sarcasmo. Mas vai dar remoque de Gilmar Mendes. Ah, se Fachin se espalhasse… Não precisa dar de talho, de prancha já está de bom tamalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>