8:15De novo o CCC?

No hospício chamado Brasil circula uma lista com nomes de artistas, jornalistas e intelectuais que “apoiam o 9 dedos e fomentam um verdadeiro golpe comunista no país”. Ao final, a ordem: “Não comprem mais nada deles. Não assistam seus programas, não leiam suas colunas. Não comprem seus livros, não vão às suas peças de teatro, não comprem seus CDs. Eles precisam saber que não será impune atentar contra a Democracia. Viver as custas do Capitalismo e difundir Comunismo/Socialismo, é no mínimo falta de caráter.” No tempo da ditadura militar ficou famoso o Comando de Caça aos Comunistas (CCC), um filhote que nasceu por aqui inspirado no Macartismo que manchou a história dos Estados Unidos nos anos 50, tal o nível de perseguição. Se aqui querem repetir isso na onda de intolerância atual – e em nome da Democracia, vale pensar sobre o que escreveu o jornalista Mino Carta em artigo recente: “O bolsonarismo é construído sobre o avanço tecnológico capaz de embrutecer uma população ignorante, ricos ou pobres, tanto faz”.

4 ideias sobre “De novo o CCC?

  1. Zangado

    Mino Carta? E o esquema sórdido do mensalão e do petrolão nao imbecilizou o país além da conta abusando da ignorância e locupletando-se do dinheiro público? O que esse senhor tem a dizer?

  2. SERGIO SILVESTRE

    Não quero mais ouvir Chico,Pink Floid nem Bonno Vox,quero ouvir agora só o Zeze De Camargo e Chitãozinho .

  3. A verdade está lá fora

    O Pablo Vittar não rejeitou uma publicidade com Vicenzza só porque o dono apoiou o Bolsonaro e toda imprensa e artistas aplaudiram, agora é CCC???

  4. Leonel

    Falar em intolerância e chamar outro ser humano de nove dedos!!!!! Independente de gostar ou não, respeito é o princípio da tolerância!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>