8:00Com adereço

Márcio de Albuquerque Lima, aquele auditor fiscal que é acusado pelo Ministério Público de ser o chefe da gangue de achacadores da Receita Estadual de Londrina, pediu à Justiça para tirar a tornozeleira eletrônica que o acompanha desde 2015 quando teve sua prisão preventiva revogada. Segundo o portal Bonde, ele vai continuar com o adereço porque o juiz da 3ª Vara Criminal de Londrina, Juliano Nanuncio, negou o pedido com o simples argumento de que Lima foi condenado a 97 anos de prisão na primeira fase da Operação Publicano.  O magistrado disse que o fato “evidencia a importância da atuação de Lima na organização criminosa, bem como a gravidade dos delitos por ele praticados”.

5 ideias sobre “Com adereço

  1. Sergio Silvestre

    O cara tá com uma capivara de 97 anos e está solto,dizem que a ferrari no porão do shoping em ciudad de lest é dele rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

  2. Cadê o primo que não vê

    E Marcio Albuquerque Lima, o co piloto, ainda continua com direito a salário de auditor fiscal estadual ao lado da esposa Ana Paula Lima que também é auditora fiscal estadual e estava no complexo criminoso da Delegacia Regional da Receita de Londrina da Secretaria de Estado da Fazenda?
    Como cariocas devem estar com saudades da piscina e praia que inibe o uso da sunga com o adereço familiar.
    Não da para passear nem no lago Igapó e no autódromo de Londrina.
    Eles continuam na Folha de Pagamento gestada pelo tal Meta 4?
    Até quando Mauro Ricardo?

  3. roskalnikov

    só o que faltava o meliante quer ficar sem a tornozeleira………..esses assaltantes – auditores são uns fanfarrões….no mínimo para não ser deselegante

  4. Sergio Silvestre

    Ora ,ele é apenas o co-piloto,isso não estorva estar ao lado do piloto com essa bela tornozeleira ,será que ainda tem esquema?Aqui eu vejo eles livres e soltos comendo bolinho de carne no Portuga e degustando bons vinhos que no Paraguai custa 50 dólares e aqui é 500 reais.Eita vidão.o Lula deve ter inveja desses caras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>