14:24Chulé golpista

temersapato

ROGÉRIO DISTÉFANO

Chulé golpista

Na viagem à China Michel Temer deu uma escapadinha para comprar sapatos. Sapato brasileiro, made in Franca. Explicação simples. Tem demagogia, sem dúvida, pois basta olhar fotos dele para ver que usa sapatos italianos ou sapatos feitos sob medida pelos italianos de São Paulo. Só trato disso para calar a boca do mortadela que acusou o “chulé golpista”. Aí também não.

Maquiavélhico

O diretório do PMDB recebeu a pichação da hora, ‘Fora, Temer’ (os apedeutas não sabem que existe uma vírgula depois do nome, pois se trata de vocativo). Não é coisa de vândalos, nem de petistas, ainda que ignorantes. É coisa do senador Requião mesmo, capataz do partido. Quer ficar bem com o atual presidente. Requião é maquiavélhico, escolado na esperteza.

Menina linda como a flor

A menina linda falando na TV, horário de Ana Maria Braga. Pensei que fosse conquista do agora solteiro William Bonner. Daí veio a legenda: Maria Victória, candidata a prefeito. Desperdício. Dá de dez em Bruna Marquesine. Tem beleza e irradia veneno.

Escova e carinho

Mas como tem gente feia no partido de Ney Leprevost. Lá em Triunfo se diz que não existe gente feia; é que nem cavalo, tudo se resolve com escova e carinho. Leprevost está sem verba para escova e ainda quer que o eleitor dê carinho.

Improvável, impossível

Renan Calheiros, Jarbas Barbalho, Romero Jucá e Valdir Raupp, senadores do PMDB, caciques, cavaleiros de nosso apocalipse, são – de novo – apontados como beneficiários de propina colhida nas obras da usina de Belo Monte. Só para registro, falta de assunto. Se antes de Dilma era improvável a punição deles, depois de Dilma ficou impossível.

 

Uma ideia sobre “Chulé golpista

  1. Zé Povinho

    Ká ká ká depois desta palhaçada que virou o pós-impeachment me dei conta de que trocamos seis por meia dúzia. A única vantagem nesta troca é que pelo menos o atual dono do trono sabe ligar lé com cré e não insiste em ser chamado de “presidento”, neologismo criado pelo “dilmês”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>