7:59Bibinho vai de novo pra cadeia

O Ministério Público do Paraná informa:

Ex-diretor geral da Assembleia Legislativa do Paraná é preso em operação do Gaeco

O ex-diretor geral da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Abib Miguel, conhecido como “Bibinho”, foi preso nesta sexta-feira, 17 de novembro, em operação do núcleo de Curitiba do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná. Segundo a liminar expedida pela 4ª Vara Criminal de Curitiba, Bibinho deverá ser recolhido ao Complexo Médico-Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

A prisão está relacionada a fatos da Operação Castor, deflagrada nesta semana pelo MPPR. O trabalho de investigação é um desdobramento da Operação Argonautas e apura a extração ilegal de madeira em imóveis pertencentes ao ex-diretor, localizados no município de Rio Azul, que estão sob sequestro judicial por ordem da 4ª Vara Criminal de Curitiba.

Condenação – Ainda sobre o ex-diretor geral da Alep, na quinta-feira, 16 de novembro, a 9ª Vara Criminal de Curitiba proferiu sentença condenatória contra Bibinho. Ele foi condenado a 23 anos, 3 meses e 29 dias de reclusão pelos crimes de peculato (apropriação de dinheiro público), formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. A sentença refere-se ao caso que ficou conhecido como “Diários Secretos”, pelo qual o MPPR denunciou o ex-diretor por comandar uma quadrilha que desviou pelo menos R$ 200 milhões dos cofres da Assembleia. Cabe recurso à sentença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>