18:39Aumenta o tiroteio contra a renovação de contrato da ParanáPrevidência com a Caixa Econômica Federal

Continua o pega-pra-capar por conta da renovação automática do contrato de gestão da folha de salário da ParanáPrevidência com a Caixa Econômica Federal. O deputado estadual Ademar Traiano, que integra a comissão de transição do governador eleito Beto Richa e será líder do governo na Assembleia, jogou bruto mais uma vez na questão. Confiram:

- A renovação automática do contrato entre a ParanáPrevidência e a Caixa Econômica Federal (CEF) para gerir a folha de pagamento dos aposentados e pensionistas do estado será lesiva ao caixa do instituto. Segundo a  proposta do governador Orlando Pessuti, o banco pagaria R$ 90 milhões para obter a concessão de movimentar a folha de R$ 260 milhões.

- Pelo contrato, os recursos, que deveriam ir para o fundo de previdência dos aposentados, irão para os cofres do Tesouro estadual.

- Duas transações recentes reforçam que a renovação automática será prejudicial para o Estado.  O banco Santander ganhou licitação para gerir R$ 58 milhões da folha de pagamento dos servidores da  prefeitura de Curitiba Para prestar o serviço, o banco ofereceu R$ 140,5 milhões e mais uma série de vantagens aos funcionários correntistas. A prefeitura de Araucária tentou prorrogar um contrato semelhante, mas o Tribunal de Contas interveio, determinando abertura de licitação.

- O governo do Estado, portanto, está na contramão do que a legislação determina, o que demonstra falta de sensibilidade e, acima de tudo, desrespeito com o dinheiro público.

- A legislação permite que um contrato que está prestes a encerrar pode ser prorrogado emergencialmente por três meses, para que não afete a estrutura administrativa do Estado e dê tempo hábil para que a nova administração possa realizar uma licitação.

5 ideias sobre “Aumenta o tiroteio contra a renovação de contrato da ParanáPrevidência com a Caixa Econômica Federal

  1. Tia Cotinha...

    Zé Beto…”esse menino” !!!! Essa foi a rasteira que o Pessutão deu no Beto. Como o Beto vai pagar a sua campanha, se o contrato com a CEF já foi aditivado.

    Beijos Querido.

    Tia Cotinha

  2. Fernando

    Ler a noticia acima sem levar em consideração que a partir de 2012 teremos o advento da portabilidade bancaria é leviano. Caso o contrato fosse oferecido a outro, os 90 mil aposentados teriam que abrir conta em outro banco, e em 2012 poderiam receber onde bem entendem. Será que algum banco pagaria tanto para ter exclusividade por apenas 1 ano? A informação ao santaner é falsa, visto que os funcionários da prefeitura pagam tarifa de manutenção de conta, alem de so poderem fazer contratos consignados naquele banco, impedindo assim que o mercado possa ser competitivo. Pagou R$ 145, mas cobra tarifa mensal que pode chegar a r$ 50,00. Lamentável esse artigo.

  3. MUTUKA

    Esse Tal TRAIAno quer abocanhar a grana que irá para Paraná Previdencia para pagar gastos de campanha do Beto.
    E nem começou ainda o Gverno, e já querem meter a mão.
    Que DEUS nos ajude nesses proximos 04 anos.

  4. MUTUKA


    Esse TRAIAno não sabe o que fala!
    Quem pagou a conta dos 140 milhões do Santander foram os servidores municipais, que pagaram tarifas obrigatorias ao Santander desde o 1º dia que abriram as contas.
    A Caixa deu 03 anos de isenções totais no contrato anterior.
    Não esqueça da portabilidade em Jan/2012, e 90 milhões por 01 ano, é grana pra caramba.

  5. SFU

    Há o respeito que angariamos. Há aquele de consolidamos. E há aquele, também, que perdemos. Tudo fruto das ações que desenvolvemos ao longo do tempo, na escolha que fazemos dos rumos da nossa vida. Parece que neste caso, o do atual governador, ocorre uma perda do respeito que ele adquiriu como pessoa ao longo de sua vida. Tudo fruto do esforço pessoal para que isso ocorra. São várias ações e atitudes que não condizem com o seu passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>