7:41A amante e Youssef

De Ricardo Boechat, na revista Isto é

Amada amante

Até agora sem vazamentos, a delação premiada da doleira Nelma Kodama (ex-amante de Alberto Youssef, famosa por ter sido presa com 200 mil euros na calcinha) soma nada menos que 30 anexos. Suas páginas reúnem figuras da política, do mercado financeiro, do empresariado e até mesmo do Judiciário. A colaboração, homologada em março deste ano, ainda está guardada a sete chaves pela Força Tarefa de Curitiba. Por que será?

——————————

O Antagonista

Alberto Youssef condenador no Paraná

Livre na Lava Jato depois de fazer delação premiada, o doleiro Alberto Youssef foi condenado a 5 anos, 1 mês e 20 dias, acusado de envolvimento em desvios na prefeitura de Maringá.

A sentença do juiz Joaquim Pereira Alves, da 3.ª Vara Criminal da cidade paranaense, condenou Youssef  “apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio”.

O Estadão lembra que, antes de ser preso na Lava Jato, o doleiro foi detido três vezes sob a acusação de participar de desvios nas gestões estadual e municipal entre 2000 e 2003.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>