8:32A UNILA inacabada e um projeto para unificá-la com a Federal

Do correspondente na Tríplice Fronteira

Projeto de agrado dos governos do PT, a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), com suas obras inacabadas em terreno doado pela Binacional Itaipu, pode ter uma participação mais ativa no desenvolvimento do Oeste do Paraná, estados vizinhos e países fronteiriços.

Sem conclusão do campus, segundo levantamento técnico do Tribunal de Conta da União (TCU), apenas 41 por cento do projeto de edificações foi realizado. A obra começou em 2011 e estavam previstos cinco anos para terminar. Acordão publicado pelo TC  destaca que a extinção do contrato de doação tem previsão legal, justificada pela morosidade para o término da obra.

Sem dotação para concluir os prédios, que já consumiram R$ 108 milhões de um total de R$ 264 milhões, uma das possíveis saídas é transformar a UNILA em Universidade Regional, no caso Universidade Federal do Oeste do Paraná. A nova universidade nasceria junto com quatro campus que a UFTPR e a UFPR têm na região.

O assunto já está sendo discutido em Brasília. A reação corporativista da UNILA e mais do Partido dos Trabalhadores foi imediata – o partido tem no projeto uma central para a formação de líderes afinados com a esquerda no âmbito do Cone Sul. Acontece que, no atual estágio da política nacional, como universidade regional a entidade teria mais força reivindicatória para concluir suas obras.

Colaborar com a formação de profissionais para atender o mercado regional, onde é grande a demanda de especialistas em atividades ligadas à agricultura, indústria, logística, e outros setores profissionais, seria a função. O que não pode é o projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer ficar a meio caminho, parecendo esperar a volta do PT ao poder.

4 ideias sobre “A UNILA inacabada e um projeto para unificá-la com a Federal

  1. Zé Ninguém

    KKK esta é outra tralha inventada pelo reitores da Universidade para empregar os filhos dos professores da Universidade que se formaram e não querem pegar pra valer no batente. A Universidade é o que há de rançoso na educação do Paraná e, não é só pelo estado das instalações, iguaizinhas a ela, Universidade, caindo aos pedaços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>