10:16A porta errada

por Rogério Distéfano, no blog O Insulto Diário

Se o habeas corpus fosse para a segunda turma, Antonio Palocci sairia livre hoje, votação de 3×2. Como o habeas corpus foi para o plenário do Supremo, Antonio Palocci fica preso, votação de 7×4. O que deu errado?

Na faculdade de Direito a gente aprende. Assim: duas pessoas entram com processos idênticos, ambas com o mesmo advogado, os dois réus defendidos também pelo mesmo advogado. Uma foi para um juiz, outra para outro juiz.

Uma ganhou a causa, a outra perdeu. Uma tinha mais direito que a outra? Onde ocorreu o erro? O erro estava na porta. Um dos clientes escolheu a porta errada. Foi o que se passou com Antonio Palocci.

2 ideias sobre “A porta errada

  1. Parreiras Rodrigues

    NADA A VER. MAS TUDO A VER. SENÃO, VEJAMOS:

    Primeiro – Marcos Aurélio pediu adiamento da sessão no STF para o julgamento da ADC; Segundo – Temer, pensando no julgamento que enfrentará ano que vem, desprotegido do foro privilegiado, viaja sabendo que nem Maia e nem Benício assumem porque candidatos à reeleição. Sabe também que assume a ministra Carmem Lúcia e, em seu lugar, na presidência do STF, sobe quem? Isto mesmo, tigrada, Dias Tóffoli…
    Semana que vem, assistiremos a soltura de Lula e de centenas de marginais de toda a cepa. É o que poderemos dizer: Eita Brasilzão sem porteiras.

  2. Antonio

    Besteira, mais uma teoria da conspiração, isto não vai acontecer, e se na remota opção de ser posto em julgamento é só um dos ministros pedir vista e esperar o quórum ser total novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>