15:18A luta inglória para criação do Refúgio de Vida Silvestre do Rio Tibagi

Do correspondente em Brasília

A proposta de criação do Refúgio de Vida Silvestre do Rio Tibagi está desde 2002 parado no Ministério do Meio Ambiente – por força do lobby dos donos de áreas dos Campos Gerais. Os mesmos que atuaram para fazer a mudança legal da área de proteção da Escarpa Devoniana (http://www.iap.pr.gov.br/pagina-1226.html) com projeto pago pela Federação de Agricultura do Estado do Paraná. Veja a luta pelo RVS do Rio Tibagi nos municípios de Imbituva, Teixeira Soares, Ipiranga, Ponta Grossa e Palmeira (https://bit.ly/2zxN27U):

Consulta Pública - https://bit.ly/2N3DdjF

Requerimento na Câmara dos Deputados em 2005 - https://bit.ly/2u8YG3Q

Parque Nacional dos Campos Gerais - https://bit.ly/2L5pJU4

Parque Nacional Guaricana - https://bit.ly/2N0fhhd

Rebio das Araucárias - https://bit.ly/2uaMEqu

Refúgio de Vida Silvestre de Pinhão - https://bit.ly/2L8cAcO

Reclamação de ONG - https://bit.ly/2KOebbF (A então ministra petista desculpou-se do atraso na criação. Sobre a pergunta sobre onde estão os processos parados há 16 anos, respondeu:  “Eles estão entre o ICMBio e a área técnica do MMA”

Também não dá para entender por que o ICMBIO mantém a unidade de controle das reservas ecológicas do Sul do Brasil em Florianópolis e uma Procuradoria Federal catarinense - https://bit.ly/2zqeCDX . (No total são 41 UCs, sendo 23 de Proteção Integral).

Sediada na cidade de Florianópolis/SC, apoia a gestão de todas as Unidades de Conservação (UC) federais da região Sul, além de uma outra situada na divisa entre os estados do Paraná e Mato Grosso do Sul, ou seja, 12 Parques Nacionais, 5 Estações Ecológicas, 4 Reservas Biológicas e 2 Refúgios de Vida Silvestre) e 18 de Uso Sustentável (10 Florestas Nacionais, 5 Áreas de Proteção Ambiental, 2 Áreas de Relevante Interesse Ecológico e 1 Reserva Extrativista).

Em seu conjunto, as UCs vinculadas à CR9 contemplam uma área de aproximadamente 2.430.000 hectares e protegem importantes fragmentos dos biomas Mata Atlântica e Pampa, além de áreas costeiras e marinhas

 

Uma ideia sobre “A luta inglória para criação do Refúgio de Vida Silvestre do Rio Tibagi

  1. Fazendo história

    Imagina o burocrata manezinho da ilha catarina ajudando os caiçaras do Parque Nacional de Superagui?
    Ou os da Ilha Grande no Rio Paraná?
    Não tem futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>