14:46A conta não fechou

De Rogério Distéfano, no blogO Insulto Diário

Os juízes descobriram o que qualquer funcionário ou empregado sabe: aumento de salário aumenta o imposto de renda. A magistratura queria porque queria o aumento de 16%. Ganhou em troca do fim do auxílio-moradia. Daí os magistrados descobriram que o aumento de 16%, aplicado o imposto de renda, reduz o salário líquido.

Isso não acontecia com o auxílio-moradia, que os juízes diziam que era salário mas sobre o qual não incidia o imposto de renda – porque os juízes entendiam que era verba indenizatória. Claro que os juízes vão resolver do modo ideal para eles, mesmo dando nó na lei, como no auxílio-moradia. Mas dá medo na gente aqui em baixo.

Não pela facilidade com que os juízes fazem e acontecem sem a mínima preocupação com a opinião do povo, do eleitor – e agora dos generais de Bolsonaro. A isso estamos acostumados. O que dá medo é perceber que os juízes não fazem a conta mais elementar, mesmo no interesse deles. E depois julgam causas milionárias, do povo e do governo.

Uma ideia sobre “A conta não fechou

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>