11:23A carteira do Osmar

Do Goela de Ouro:
 
Intrigado com o repetitivo gesto do senador Osmar Dias (PDT) no debate da TV Massa, de tirar e recolocar a Carteira de Trabalho no bolso, um curioso fez as contas e pode afirmar com segurança: não há qualquer registro nos últimos 27 anos na carteira do senador. É que desde 1983, quando entrou no governo José Richa, ele não exerceu mais qualquer atividade na iniciativa privada. A intenção original, imagina-se, seria insinuar que Beto Richa não tem registros em sua carteira de trabalho, mas o gesto corre o risco de virar um bumerangue: é que a tucanada foi atrás dos registros daquela carteira apresentada (se é que era a dele) e também ampliou o rastreamento e vai bater no fato de que, segundo eles, por duas vezes, o candidato tentou acabar com a indenização de 40% do FGTS para os trabalhadores demitidos sem justa causa e os projetos foram derrubados.

2 ideias sobre “A carteira do Osmar

  1. orlando

    O fato obscuro do candidato Osmar Dias folhear carteira de trabalho na frente do Candidato Beto Richa como forma de ataque política é uma incongruencia pelo fato de que, de plano, o candidato Beto Richa é formado em engenharia e como tal trata-se de profissional liberal. Sou advogado – e nas mesmas condiçoes de milhares de outros profissionais liberais como médicos, dentistas, contadores, empresários e – especialmente produtores rurais, industriais e os funcionários públicos, nao tenho carteira de trabalho, o que não me torna um ocioso, pouco estudioso ou um incômodo para a sociedade e demais trabalhadores, pelo conrário, trabalho muito, esforço-me para me desenvolver e aprimorar a minha profissão e como cidadão – como muito profisisonais. Portanto, neste contexto, o candidato Osmar Dias atinge milhares de trabalhadores e profissionais e atesta incongruencia ao ofender com malsinada estrategia da carteira de trabalho, que nada prova ou demonstra condições de administração pública.

  2. Pablo Calvo

    E se ressalte que Osmar Sem Nome de Família Filho Desnaturado, entrou para a vida pública, por volta dos trinta anos e pelas mãos do pai do Beto, o grande governador José Richa que o nomeou diretor-presidente da Companhia de Fomento do Paraná, a CAFE.

    E mais: Richa ajudou eleger o irmão Álvaro que promoveu Osmar SNFFD para a Secretaria da Agricultura onde foi conservado pelo governador seguinte, o Roberto Sparring Requião.

    Mais ainda: Requião também entrou prá vida pública escorado em José Richa, no seu bom governo, na sua simpatia, avalizando a sua candidatura para a Prefeitura.

    Eu sempre procurei defeitos em José Richa e ainda não os tinha encontrado. Agora achei-os.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>