14:33NELSON PADRELLA

O busto de uma professora, em bronze, continua ausente na Praça Santos Andrade, bem como outras placas feitas com o mesmo metal e que adornavam aquele logradouro público. Nosso amado prefeito Rafael, noite dessas, deu por re-inaugurada a Praça Brigadeiro Eppinghaus, aqui no Juvevê. Esteve no local, deixou placa comemorativa. Dia seguinte, a placa abô. Ninguém sabe, ninguém viu. O evento de sumiço do objeto aconteceu a dez metros do posto da Polícia Militar. Nosso amado prefeito deve ter pensado: “Não vou botar a placa em bronze que é para não roubarem”. Não sei dizer se o objeto foi retirado para algum retoque ou se de fato ganhou rumo desconhecido. Temo pelo pior.

2 ideias sobre “NELSON PADRELLA

  1. Gladys Anturia

    Estava perto da Polícia Militar bahhhhh kkkkkkkkk se tivesse passado no celular eles tinha visto…… salários desse povo é $$$$$ jogado fora

  2. Referenciar

    As placas que exaltam nossos mitos. As ações humanas deveria refletir na sociedade, placa para quê?
    O Brasil apesar da lava jato ocupa posição em 2019 , entre as naçõe mais corruptas.
    O esforço dos nossos heróis foram em vão, qual o futuro da nação brasileira?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>