14:43Os problemas continuam…

Do enviado especial

No relatório final da CPI da JMK (em anexo) uma das recomendações é para que o Governo do Estado reavalie o modelo de gestão da frota do Estado, já que há denúncias de problemas com a Maxifrota, contratada emergencialmente para substituir a JMK. Por exemplo: cobrança de taxa de credenciamento de até R$ 500 e percentuais de comissão por serviço executado, além do direcionamento para poucas oficinas. Resumo: mudaram a empresa e os problemas continuam.

https://www.soldadofruet.com.br/noticias/politica/435076/1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>