8:55SETEMBRO AMARELO

por Maria Vitória Guimarães

Antes de qualquer coisa: você sabia que hoje, 10 de setembro, é o dia mundial da Prevenção ao Suicídio? Imagino que não. Se a resposta foi sim, conta pra mim, como você ajudou o seu amiguinho/familiar que tem depressão, ansiedade e outros transtornos de humor a se sentir um pouco melhor hoje?

Provavelmente em nada, certo? Bom, se você quer mudar isso basta que a partir de hoje você deixe de usar adjetivos como “preguiçoso, vagabundo, inútil, fracassado, imprestável” para se referir àquele conhecido que está doente.

Não, não é preguiça. Não é só erguer a cabeça e sair da cama. Não é falta de Deus no coração ou de fé. Não é falta do que fazer.
Ele pode estar com um sorriso no rosto enquanto está com todos, ser o mais engraçado da família, o brincalhão da turma, mas isso não anula tudo que a pessoa sente.

É tristeza. É angústia. É ansiedade. É medo. É insônia. É insegurança. É ansiedade. É sofrimento. É solidão. É um conjunto de coisas que leva o seu amigo, seu irmão, sua mãe, seu chefe, seu filho, sua namorada ou, até então, você mesmo a optar pelo suicídio.
Não é uma escolha que se faz, é uma consequência daquilo que já não cabe há muito tempo e se tornou literalmente insuportável e insustentável.

Cuide de si, não pense duas vezes na hora de pedir ajuda.
Tenha paciência, não julgue o outro sem saber pelo que ele passa.
Seja legal com um amigo, talvez tudo que ele mais precise nesse momento para se sentir um pouco melhor é de uma mensagem sua.

Espalhe amor, de ódio o mundo já está cheio

Obs:. Uma foto minha com 3 aninhos para chamar atenção e para relatar que depressão não tem rosto

WhatsApp Image 2019-09-11 at 22.17.49

Uma ideia sobre “SETEMBRO AMARELO

  1. Adriana Zielinski

    Dar amor, sorrir e acolher. Perceber os sinais e ajudar, são fatores importantes para manter quem você ama viva ou vivo. Muitas vezes aprendemos como lidar com nossas emoções em meio a tanta turbulência e reaprendemos para um novo caminhar semeando o bem. Parabéns pelo texto que é também uma forma de ajudar as pessoas com preciosas informações que valem a vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>