15:51O Soldado só quer entender…

Da assessoria de imprensa do deputado estadual Soldado Fruet

Por que o Governo do Paraná manteve a JMK como gestora da frota de 17 mil veículos após a Secretaria Estadual de Administração e Previdência (SEAP) ter recebido 400 protocolos de irregularidades dos órgãos públicos usuários dos serviços, desde 2015, e ainda realizou seis aditivos contratuais? É o questionamento do presidente da CPI da JMK da Assembleia Legislativa, deputado estadual Soldado Fruet (PROS), após a Comissão Parlamentar de Inquérito interrogar, nesta terça-feira (10), gestores de frotas da Polícia Civil e da Secretaria Estadual da Saúde (SESA).

Os depoentes relataram várias irregularidades cometidas pela JMK desde o início do contrato, em 2015, como faturamento de serviços não executados, direcionamento para um número reduzido de oficinas, adulteração de orçamentos – através da instalação de peças alternativas cobradas como se fossem originais, e superfaturamento. “A CPI está apurando estes fatos para verificar de quem foi a responsabilidade pelas práticas irregulares e se houve cometimento de algum crime, para mostrar uma nova modalidade de gestão de frota para o governo”, disse o Soldado Fruet.

2 ideias sobre “O Soldado só quer entender…

  1. João

    Soldado Fruet, o seu desempenho nesta CPI, é digno de respeito. Homem de grande valor e nos dá orgulho de ser, assim, bem representado. Excelentissimo Senhor Deputado Soldado Fruet, fidalguia e princípios norteia seus caminhos para escrever seu nome na história do nosso Paraná.
    Este seu comportamento se destaca diante da política contaminada praticada em um país que sofre as mazelas da corrupção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>