14:22Rabo preso?

Do enviado especial

Deputados integrantes da CPI da JMK da Assembleia Legislativa estão com a pulga atrás da orelha devido a presença do diretor financeiro de uma empresa coligada da Copel entre os quinze presos na Operação Peça Chave, no último dia 28 de maio. A investigação da Polícia Civil desvendou um esquema criminoso envolvendo a empresa responsável pela gestão da manutenção da frota de veículos do Governo do Estado e seus sócios, causando um rombo estimado em pelo menos R$ 125 milhões aos cofres públicos. O homem ocupava um cargo cobiçadíssimo, com salário na casa dos R$ 60 mil, na Cutia Empreendimentos Eólicos S.A., que é uma subsidiária integral da Copel Geração e Transmissão S.A. Os parlamentares da CPI querem descobrir quem estaria por trás da indicação dele para o “emprego dos sonhos”, do qual só foi exonerado após a prisão.

Uma ideia sobre “Rabo preso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>