9:08Entrega o celular!

Do Analista dos Planaltos

- Na CCJ do Senado, Sérgio Moro insistiu mais uma vez que não tem mais as mensagens do Telegram, porque teria saído do aplicativo em 2017. Mesmo assim, é possível recuperar as mensagens. Basta ele autorizar o Telegram a entregar os dados, que ficam armazenados em seus computadores. Outro caminho seria o celular do procurador Deltan Dallagnol, que até onde se sabe continua usuário do Telegram…

- Nesse jogo de floretes, cabe mais uma pra Sérgio Moro: quem com grampo fere, com grampo será ferido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>