15:14O herói Antonio Conselheiro

Jair Bolsonaro sancionou lei que inscreve o nome de Antônio Vicente Mendes Maciel, o Antônio Conselheiro, no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria, depositado no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, em Brasília. Em tempo: foram as tropas do Exército que mataram o líder Antonio Conselheiro e a maior parte dos nordestinos miseráveis que se reuniram ao seu redor em 1897 em Canudos, no interior da Bahia.

Presidência da República 
Casa Civil 
Subchefia para Assuntos Jurídicos

LEI Nº 13.829, DE 13 DE MAIO DE 2019

Inscreve o nome de Antônio Vicente Mendes Maciel, o Antônio Conselheiro, no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o  Inscreva-se o nome de Antônio Vicente Mendes Maciel, o Antônio Conselheiro, no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria, depositado no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, em Brasília.

Art. 2º  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 13 de maio de 2019; 198o da Independência e 131o da República.

JAIR MESSIAS BOLSONARO
Sérgio Moro

Este texto não substitui o publicado no DOU de 14.5.2019

2 ideias sobre “O herói Antonio Conselheiro

  1. Zangado

    O tempo é o senhor da razão. Mas o grande Euclides da Cunha já tinha honrado magnificamente o drama de Canudos para a posteridade. Quem lê Euclides da Cunha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>