7:46Oba-oba sem um pio

Quem foi à posse no Congresso Nacional, além de acompanhar o espetáculo dantesco da eleição para a presidência no Senado, reparou o seguinte: em meio a festança, com flores, roupas de gosto duvidoso estalando de novas, carros com motorista, etc., gargalhadas, tapinhas nas costas, etc, não se ouviu um pio sobre a tragédia bárbara e assassina que matou mais de trezentos brasileiros em Brumadinho, Minas Gerais. Para quem tem um pingo de sentimento, as cerimônias deveriam ser mais discretas e não o oba-oba de quem chegou ao poder legislativo do hospício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>