22:51A revolução

de Glauber Rocha

A Revolução é um ato de Amor e não de Violência. Discordo de Lenin, de Mao, de Guevara. O sangue não purifica. O que revoluciona são as Idéias e não as Armas. Não quero lavar meu corpo e alma no sangue dos fascistas. Muitos machistas dirão: não quer brigar porque é frouxo. Os loucos encontram na morte o máximo de prazer. Os lúcidos encontram o prazer na vida. A Revolução é fundamentalmente a luta contra a morte dos amigos e dos inimigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>