8:11Lua de fel

Do correspondente em Brasília

Disseram que, ao tomar posse em janeiro, Jair Bolsonaro teria uma verdadeira lua de mel com a opinião pública por pelo menos 12 meses – o que lhe daria condições de aprovar no Congresso Nacional as reformas que os tecnocratas dizem ser necessárias. Assim que Bolsonaro entrou no “quarto de núpcias”, com trapalhadas, ondas de idas e vindas, e com o primeiro episódio da movimentação atípica de R$ 1,2 milhão do motorista Queiroz, em duas semanas se percebeu que a lua de mel dele está mais para lua de fel, com sadomasoquismo, suruba e o famoso ninguém é de ninguém.

Uma ideia sobre “Lua de fel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>