10:57A demissão absurda do mestre Luiz Geraldo Mazza da rádio CBN

A demissão do mestre Luiz Geraldo Mazza da rádio CBN Curitiba, onde era comentarista desde 1995, é mais uma prova de que os novos tempos são de imbecilidade e de arrogância – que não escondem a burrice. O jornalista de 88 anos e quase 70 de profissão sempre foi um sábio que, na província, nunca se curvou aos que se acham poderosos por conta de cargos e fortuna. Memória viva da história política do Paraná, ferino na medida exata dos que têm conhecimento, sabem questionar e desnudam os enganadores, Mazza sempre foi um farol a orientar com sabedoria quem quis seguir os passos de um jornalismo crítico e longe da bajulação que é comum por aqui. Demitir alguém assim á assinar atestado de incompetência, é virar as costas para os ouvintes que procuram informação e análise correta dos fatos dentro de um contexto histórico. Isso sem dizer que fica no ar a suspeita de outro motivo para tal barbaridade: o servilismo com fins nada nobres.

—————————-

Segue a nota do Sindicato dos Jornalistas do Estado do Paraná a respeito da demissão:

NOTA DE SOLIDARIEDADE

Prestes a fazer 88 anos, sendo 68 deles dedicados à profissão que escolheu, o jornalista Luiz Geraldo Mazza foi demitido nessa semana da CBN Curitiba. Ele era desde 1995 o principal comentarista da emissora. Tem, inclusive, uma sala que leva seu nome na sede da rádio.

Mazza foi comunicado da decisão na última quarta-feira (16), pelo diretor do núcleo de rádios do Grupo J.Malucelli, Nilson Rosa. No dia seguinte, deixou os microfones e o estúdio, para surpresa e decepção dos colegas.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindijorPR) não conseguiu contato com o executivo nessa sexta-feira (18), para questioná-lo sobre quais seriam as justificativas do desligamento.

Referência para diferentes gerações de repórteres, produtores e editores, o homem de sobrancelhas avantajadas, voz marcante e sorriso farto é considerado por muitos “a memória viva do Jornalismo e da política paranaense”.

Mazza é membro da Academia Paranaense de Letras e assina uma coluna diária no jornal Folha de Londrina, onde começou a escrever em 1970, em plena Ditadura Militar. Ele e o saudoso Edésio Passos que lideraram a primeira e mais emblemática greve da categoria no Paraná, em 1963. Os três dias de paralisação resultaram num reajuste salarial de 75%, além de cláusulas importantes para a convenção coletiva.

O SindijorPR manifesta sua solidariedade ao jornalista, a seus familiares, amigos, colegas e ouvintes. Vida longa ao Mazza e a todos aqueles que verdadeiramente reconhecem a importância de sua trajetória.

7 ideias sobre “A demissão absurda do mestre Luiz Geraldo Mazza da rádio CBN

  1. Observador

    Chegou a administração João Arruda. Nilson Rosa, abre o olho que vc está com seus dias contados. Entre o cunhado e o genro… Bem vc entendeu.
    Mas a respeito da demissão do Mazza, isso foi uma grande sacanagem. Perderam o Wille, agora o Mazza, e eu como ouvinte. Adeus CBN!

  2. Célio Heitor Guimarães

    Na verdade, o jornalismo paranaense se apequena cada vez mais e a CBN Curitiba era muito miúda para o grande Mazza. Um forte abraço de solidariedade ao mestre e ex-companheiro de UH.

  3. Szyja Lorber

    Demissão absurda a do grande Luiz Geraldo Mazza, um baluarte do jornalismo que nunca se curvou a ninguém e a nada. Toda a solidariedade a ele e sua família. A CBN acaba dessa maneira com sua própria audiência. Por isso, recordo aqui, que certa vez perguntaram a Albert Einstein se existia algo maior que o Universo.
    - Existe sim – respondeu ele: a estupidez humana!

  4. Herculano Iglesias

    A demissão do Mazza, nos deixa sem nossa única rádio. Agora vamos ouvir diariamente outra emissora.

  5. Cláudio dos santos

    Meu Deus que triste notícia, estive ausente de Curitiba por dois meses, assíduo ouvinte da CBN ficava sempre atento aos comentários do grande Mazza, putzzzz agora que soube de sua demissão, lamentável, tchau CBN, a concorrente é bem melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>