22:23A morte de Caito Quintana

caito

 

Do G1 Paraná

O ex-deputado do Paraná Caíto Quintana morreu em Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina, no domingo (13). De acordo com familiares, ele foi vítima de infarto.

Caíto Quintana começou a passar mal e foi levado ao hospital. O político era do MDB e tinha 72 anos.

Após a liberação, o corpo vai ser velado e sepultado em Curitiba. Até o momento, não havia mais informações sobre o local e o horário do velório, nem do enterro.

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) divulgou, na noite de domingo, uma nota de pesar em nome do presidente da Casa, o deputado Ademar Traiano (PSDB).

Perfil

Luiz Carlos Caíto Quintana nasceu em 30 de julho de 1946, em Santo Augusto (RS), formado em Direito, veio para o Paraná em 1966, especificamente para Planalto, Sudoeste do Estado, onde exerceu a profissão de tabelião.

Caíto Quintana disputou sua primeira eleição em 1972, sendo eleito vereador em Planalto, onde exerceu a presidência da Câmara Municipal e da Associação de Vereadores do Sudoeste do Paraná.

Em 1982, Caíto Quintana foi eleito pela primeira vez deputado estadual com mais de 30 mil votos e exerceu oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa.

No Legislativo Paranaense, foi eleito vice-presidente da Alep em 1999, foi líder da bancada do PMDB, participou de diversas comissões permanentes, como a de Constituição e Justiça, a mais importante da Casa, da qual foi Vice-Presidente.

Desde que assumiu seu primeiro mandato, Caíto Quintana teve uma atuação de destaque na Assembleia Legislativa: foi relator da Constituição do Paraná, em 1989; presidiu a CPI dos Bingos; criou a Comissão Especial do Mercosul, da qual foi também o presidente, além de apresentar inúmeros projetos, proposições e trabalhos em prol dos municípios que representava.

No Executivo, Caíto Quintana foi chefe da Casa Civil em dois governos de Roberto Requião (1991/94 e 2002/06).

2 ideias sobre “A morte de Caito Quintana

  1. Parreiras Rodrigues

    Mais uma vítima do tabagismo. Embora tenha tido com ele um atrito político, nem por isso deixo de registrar a minha admiração pelo grande político que foi e meus sentimentos junto à família, amigos e correligionários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>