20:27“Giz de luxo” falsificado

O deputado federal Valdir Rossoni (PSDB) foi vítima hoje de uma notícia falsa que, espalhada, foi publicada em alguns blogs e portais. Dizia que uma operação da Polícia Federal, batizada de “Giz de Luxo), que seria um desdobramento da Quadro Negro, cumpriu mandados nos endereços dele de Curitiba, Bituruna e União da Vitória. Até o nome do juiz, segundo Rossoni, era falso (Antônio Batisti de Carvalho, Juiz auxiliar da 9ª Vara Criminal de Curitiba). Ele ficou ainda mais indignado pelo fato de a notícia não ter sido minimamente checada por quem publicou -e prometeu, caso ela não fosse retirada do ar, tomar medidas judiciais para reparar o dano.

Confira a nota publicada no facebook do deputado:

A mentira ganhou um poderoso aliado com a internet. Hoje fui vítima de uma notícia falsa que só os inimigos e quem não me conhece acreditaram. Estou cansado de repetir, através de todos os meios disponíveis, que não há nada que me envolva com a denúncia da Quadro Negro. Nesta manhã espalharam que, cumprindo mandados judiciais, vasculharam meus endereços em Curitiba e Bituruna. Inventaram o nome da operação, a “Giz de Luxo”, e até criaram nome do juiz que teria expedido os mandados. Para um homem público que fez muito pela Educação do Paraná, quando no cargo de Chefe da Casa Civil, como no caso da reforma de mil escolas, é muito triste conviver com tanta sujeira, tanto ódio, tanta falsidade cuja finalidade é destruir uma trajetória política e de vida, atingindo também meus familiares e quem sempre esteve ao meu lado. O que querem? Me destruir? Estão enganados. Quanto mais me atacarem, mais certeza tenho de que estou no caminho certo. Isso porque, ao contrário dos meus detratores, a verdade está ao meu lado.
O que me entristece também é que parte da imprensa publica tais absurdos sem ao menos checar a origem da notícia falsa, os órgãos envolvidos e, no caso, até a existência do magistrado que teria ordenado tal ação. Nesses casos, tomarei medidas junto à Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>