8:26Burguês remediado

De Rogério Distéfano, no blog O Insulto Diário

Caro, cruzei hoje com um desses chatos de plantão, estava com minha mulher e não pude dizer “estimo que você se foda” quando me enchem o saco. Um pequeno passo para o chato, um grande pé no saco na minha humanidade, ele me chamou de “burguês remediado”. Lembrei do deputado analfabeto no aparte do deputado culto que falava dele com palavra difícil: “Se burguês remediado é elogiativo, agradeço. Se burguês remediado é xingativo, burguês remediado é a senhora sua mãe”.

Minha mulher, meu lado melhor como dizem os gringos, senhora de fino trato e boa cepa curitibana, explicou depois que ele só ofendeu pela metade, quando disse que sou burguês, pois não sou burguês, nem no lado econômico, nem no social, muito menos no político. Estou ali, no meio, entre o Bolsonaro e o Joaquim Barbosa, portanto no máximo seria pequeno burguês, diz ela, que estudou Ciências Sociais.

Quanto ao remediado, a mulher disse que era elogio, pois estou sempre lutando para esticar os dias até o final do meu mês, como dizia o Millôr Fernandes. É que vivo da aposentadoria de oficial reformado da Aeronáutica mais a de dentista pelo INSS. Mais remediado que isso só a vacina da gripe na praça Ouvidor Pardinho, que por sinal já tomei. Do amigo pequeno burguês Saverio Marrone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>