14:30Ligações perigosas

Do Analista dos Planaltos

Roberto Requião procura se colocar como uma vestal no conjunto do Senado. Se diz uma espécie de Avis Rara. Um dissonante e um acusador do chamado Quadrilhão, a cúpula do PMDB nacional. Sua prática, entretanto, contradiz todo o discurso falso moralista.

Desde que foi eleito, o senador paranaense desfruta de todas as mordomias e vantagens oferecidas pelo partido e pela bancada. É o campeão de viagens internacionais, sempre de primeira classe e em hotéis cinco estrelas, indicado que foi pelo PMDB para inúteis comissões internacionais . Também é o campeão em diárias generosas para gastar em restaurantes de luxo. Jamais contestou qualquer mordomia; ao contrário, tratou de obtê-las junto a cúpula partidária.

Indicou o filho, agora deputado estadual, para a Fundação Ulysses Guimarães – indicação prontamente acolhida pelos parceiros Moreira Franco e Eliseu Padilha , dirigentes da entidade que conta com vultosa destinação de recursos no Paraná. Requião é ainda beneficiário quase exclusivo do gordo fundo partidário para suas eleições e do filho.

Como se vê, Roberto Requião, é o de sempre: tem um discurso demagógico para a plateia e uma prática totalmente voltada para o benefício próprio e da família. Mordomias, carro oficial, viagens, gabinete lotado de apaniguados etc. Sobe no palanque de Lula mas não abandona o jogo com a turma do partido e do chefe Renan. É como ele mesmo diz frequentemente e com ironia: para ir ao paraíso não precisa morrer, basta ser eleito senador.

7 ideias sobre “Ligações perigosas

  1. Sergio Silvestre

    Quer dizer que se for contrario ao que está acontecendo com o partido,tem que abrir mão do seu salario e das suas viagens?Eu prefiro o politico sendo bem pago do que ele ter 51 milhões em especie dentro do apto quiça lá fora.Gozado que Cúritibanos gosta do Rossoni,Traiano Richa ,Koury etc e até torce pra duas merdas de time ,fazer o que?

  2. ferreira

    O CARÁTER TAMBÉM SE MEDE PELAS INTENÇÕES :
    “É como ele mesmo diz frequentemente e com ironia: para ir ao paraíso não precisa morrer, basta ser eleito senador”.
    CANALHA… SSempre canalha !!!

  3. Gumercindo Saraiva

    Me digam uma coisa. QUEM PAGOU O FURO DE CAIXA DA ULTIMA CAMPANHA DO MARIA LOUCA ?
    FOI O $$$$$ DO TEMER. Ingrato !!!!!!

  4. Parreiras Rodrigues

    Numa das mãos, a Carta de Puebla. Na outra, cálice de vinho de novecentos, de mil, a garrafa, às vezes, inacabadas sobre a mesa. Os garçons agradecem.

  5. Sergio Silvestre

    Parreiras,essa deve ser a milésima vez que você comenta a mesma coisa,alias ,como miquinho do Campana você faz o papel bem repetindo o que ele manda ,puxar saco de politico rende alguma coisa né,mas puxar saco de blogueiro é o fim da picada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>