12:20Ação criminal e coisa e tal

Da rádio CBN de Londrina, em reportagem de Claudia Lima

O promotor de defesa do patrimônio público, Ricardo Benvenho entrou com uma ação criminal contra nove pessoas, entre elas Jack Dias, então secretário municipal de gestão pública e o ex-prefeito Nedson Micheleti. Ele explica que empresas, que faziam parte de um cartel que já atuava em São Paulo cooptaram os gestores públicos para facilitar a assinatura de contratos de fornecimento de merenda escolar na rede municipal de Londrina.

O promotor destaca que a investigação das empresas começou pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), por meio da operação “A Máfia da Merenda Escolar”. Elas agiam da mesma forma em várias cidades, entre 2006 e 2009. Nedson Micheleti e Jacks Dias podem responder pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiva, peculato e desvio de dinheiro público.

Segundo a investigação, tanto Nedson Micheleti, quanto Jacks Dias recebiam uma “mesada” das empresas. O valor variava de 5% a 8% sobre o valor do contrato.

De acordo com o Ministério Público, para entrar no esquema, as empresas ofereceram dinheiro para campanha eleitoral de 2006. O ex-secretário, inclusive, teria recebido uma quantia de R$ 250 mil.

Ainda de acordo com o promotor Ricardo Benvenhu, para manter uma aparência de “legalidade” no processo e justificar a terceirização do serviço no município, as empresas pagaram uma consultoria.

Até o fechamento desta edição, a reportagem não conseguiu contato com os advogados dos acusados.

 

Uma ideia sobre “Ação criminal e coisa e tal

  1. Sergio Silvestre

    Pois é,acompanho esses procuradores de Londrina,o Gaeco e pude notar desde o caso AMA-COMURB ,se fez muito barulho e alguns promotores se bandearam para Curitiba se transformaram em procuradores e seus salários também se transformaram numa gigantesca bola de neve.
    Noto que aqui no Sul eles não gostam de petistas,tanto que ainda pegam no pé de um prefeito honesto,que quando terminou o mandato ainda tinha o mesmo palio já meio baqueado e voltou a trabalhar na caixa econômica no dia seguinte.
    Noto também que depois do Nedson,a “naba” entrou doida no rabo do Londrinense,pararam as obras,pararam os shows na cultura,a cidade vive um caos financeiro com tanta gente para meter a mão.
    E o promotor que logo deve ir pra Curitiba e virar procurador que é o sonho dos promotores vai com a moda que é perseguir petistas,se ele falasse do Jack Dias eu até concordaria por que não o conheço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>