8:48Na UTI

Da coluna de Ricardo Boechat, na revista IstoÉ

Além de Geddel Vieira Lima outro ministro de Temer vai estar na berlinda, na reunião da Comissão de Ética da Presidência da República dia 14 de dezembro. Trata-se de Ricardo Barros, que já procurou membros do colegiado para tentar explicar colocações feitas em atos de candidatos a prefeito no Paraná e de ter participado de eventos eleitorais em dias de agenda oficial. A situação dele é delicada, já que a legislação proíbe os ministros de fazer promessa cujo cumprimento dependa do cargo. Se sofrer sanção no colegiado Barros pode acabar respondendo a processo na Justiça Eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>