7:58Para dar o exemplo

Os líderes do movimento sindical do serviço público do Paraná deveriam orientar os companheiros do Rio Grande do Sul para que lutem contra o pacotaço que o governo de apresentou lá para tentar salvar o Estado que está afogado e quase sem respirar. Experiência para isso os daqui têm. Está certo que não conseguiram nada, apenas o esperneio e espaço na imprensa. O problema é que lá os funcionários estão matando cachorro a botinadas, com salários parcelados, sem 13º, etc., enquanto os revoltados de carteirinha daqui até ouvem o barulho do capilé sagrado caindo na conta todo mês. Mas isso é apenas um detalhe, como o gol numa partida de futebol. À luta, então!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>