18:54De Oclinho

por Dalton Trevisan

No leito de agonia, o velhinho míope nas últimas forças:

- É você, meu filho?

- Sim, pai. Estou aqui.

- Só tenho um pedido.

- Fale, pai.

- Quando me vestir… ponha o oclinho.

- Sim, sim?

- Que eu possa ver… para onde vou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>